quarta-feira, 1 de maio de 2019

APERIBÉ: Secretária que priorizou salgadinhos para eventos a cesta básica disse que "o povo esquece"

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

Apontado como responsável pelas licitações da Secretaria de Assistência Social, do pequenino município de Aperibé, subsecretário Cristiano Gonçalves Maria usou as redes sociais para se defender. A imputação a ele de responsabilidade sobre o pregão no qual a titular da pasta – a primeira dama Zeli Silva optou por gastar mais comprando salgadinhos e bolos do que com a aquisição de cestas básicas –, foi feita por um repórter local, depois de o elizeupires.com ter veiculado a matéria Prioridade invertida em Aperibé: Prefeitura decide gastar mais com salgadinhos para eventos do que com cestas básicas para os carentes. Por conta da revelação infundada, Cristiano foi alvo da revolta de moradores, que chegaram a jogar salgadinhos no carro dele. Ele afirmou que não vai assumir a responsabilidade pelo que não para proteger quem quer que seja.


Sub Secretário de Assistência Social de Aperibé - RJ
Cristiano Maria 
Para pessoas próximas ao governo, a transferência de responsabilidade feita pelo repórter teria sido uma maneira de “livrar a cara” da secretária. Em seu desabafo, o subsecretário afirmou ter ouvido da primeira dama que ele deixasse o assunto de lado, “porque o povo esquece”. Cristiano havia comparecido à Câmara de Vereadores ontem (30) para tentar esclarecer os fatos, mas como não pode se pronunciar na Casa, optou por gravar um vídeo. Ele afirmou que nunca participou de qualquer processo licitatório, que a secretária nunca o aceitou como sub, e que nunca foi chamado para dar qualquer tomada de decisão sobre o assunto licitação. Segundo ele, todos as licitações “foram feitas, revisadas ou seja o que for”, pela secretária, assessora Evanda Maria e um  advogado  que ele identifica apenas como Dr. Rômulo.

R$ 359 mil em salgadinhos, pães e bolos –  Conforme o elizeupires.com já havia noticiado, o poder público municipal de Aperibé decidiu gastar mais com a compra de salgadinhos para eventos da Secretaria de Assistência Social do que com o programa de distribuição de cestas básicas para as famílias carentes, e a licitação dos salgadinhos se deu através do Pregão 006/2019, vencido pela empresa Sandro Lopes Barbosa R$ 176.900,00, que também vai fornecer R$ 182.892,50 em bolos e pães, faturando o total de R$ 359.792,50, quatro vezes mais que o valor destinado à compra de cestas básicas.

Ainda não se sabe a quantidade de salgadinhos, bolos e pães a serem fornecidos  para Secretaria de Assistência Social, porque as atas de registro de preços e os contratos da empresa Sandro Lopes Barbosa não havia sido disponibilizado no site oficial do município até o início da tarde desta quarta-feira (1).

*O espaço está aberto para qualquer manifestação. Com a palavra a administração municipal de Aperibé.

Fonte: elizeupires.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário