terça-feira, 25 de junho de 2019

São José de Ubá Gasta R$ 1.110,26 com cada alunos da rede municipal

Nenhuma descrição de foto disponível.
O Prefeito Marcionilio Botelho publicou hoje em seu facebook um balanço do SIOP.

Conforme o relatório do SIOPE, referente ao 6º. bimestre de 2018, o investimento mensal por aluno no município de São José de Ubá – RJ está acima da média das cidades do Estado do Rio de Janeiro e, até mesmo, acima da média nacional, um orgulho para a minha Administração.

Os valores investidos por aluno em São José de Ubá – RJ revelam a seriedade e o comprometimento da minha Gestão, mesmo com a arrecadação limitada conseguimos priorizar a Educação, usando os recursos de forma qualitativa, prova disso também é que na última avaliação do IDEB. o Município alcançou o 1º.lugar no Norte e Noroeste e o 2º. Lugar no Estado do Rio de Janeiro.
Desde o início da minha Administração busquei a otimização dos recursos públicos, desenvolvendo uma política educacional voltada para a realidade dos alunos ubaenses, para isso:


01 - Encontra-se na fase de acabamento a Escola na Vila Barro Branco com capacidade para 360 alunos;


02- Ampliei e aprimorei o transporte escolar atendendo com prioridade o aluno da Educação Infantil e Ensino Fundamental, garantindo o acolhimento de 100% dessa clientela;


03- Na Merenda Escolar investi 30% do cardápio com a Agricultura Familiar, implementando a qualidade da alimentação servida ao aluno;


04- Distribuímos o Kit Escolar a todos os alunos no início do ano letivo e a manutenção das Escolas durante todo o ano;


05- Adquirimos e entregamos o material complementar do livro didático, auxiliando tanto o Professor quanto aos Alunos nas atividades do currículo escolar;


06- Implementamos atividades extracurriculares e culturais nas Escolas;
07-Abrimos novas turmas, diminuindo o número excessivo de alunos/turma;


08- Realizamos reforma e a manutenção da infraestrutura das Escolas.


Eu tenho a certeza de que não basta apenas colocar dinheiro na Educação, tem que aperfeiçoar os gastos, desenvolver um ambiente cultural, valorizar o conhecimento e a realidade do aluno, respeitar o profissional da Escola e acima de tudo Administrar com responsabilidade e “de mãos dadas” com a população.


Nenhum comentário:

Postar um comentário